Pr. Alberto Timm

Sermão XVII: QUEM SÃO OS ANJOS?

Certo “evangelista havia batizado uma mulher cujo marido estava muito irado porque sua esposa se tornara adventista. Ele jurara que mataria o evangelista na primeira reunião de oração – ele sabia o costume, como após o hino todos se ajoelhavam em oração, tendo a cabeça baixa e os olhos fechados.

Saiba Mais »

Sermão XI: O DIA DO JUÍZO NO SANTUÁRIO CELESTIAL

Vimos anteriormente que o sacerdócio de Cristo no Céu, que iniciou após a Sua ascensão, compreende duas fases distintas: a primeira no lugar santo, como nosso Mediador e Intercessor; e a segunda no santíssimo, prosseguindo com as funções da fase anterior, mas acrescida de uma função judicial, conhecida como o Juízo Investigativo.

Saiba Mais »

Sermão VII: PRECE

O Céu tem sido a bendita esperança dos genuínos cristãos de todos os tempos! . . . Mas não é necessário que primeiro entremos pelos portais da cidade eterna, para que o Céu se torne uma realidade na nossa vida. Pelo contrário, “o Céu deve começar aqui na Terra” (Meditações Matinais 1965, p. 112), pois “a vida na Terra é o princípio da vida no Céu. . .

Saiba Mais »

Sermão III: A PEDRA DO CÉU

No nosso último estudo, analisamos o capítulo 2 do livro de Daniel, no qual aparece o sonho do rei Nabucodonosor – aquela grande estátua que simbolicamente representa a História deste mundo, desde os dias do Império Neo-Babilônico até o fim da História, com a implantação do reino de Deus, representado no sonho pela “pedra . . . cortada sem auxílio de mãos” (v. 34), que esmiuçou totalmente a estátua. Esse reino será um reino eterno e “não será jamais destruído” (v. 44).

Saiba Mais »

Eu vos envio (Sermão introdutório)

  INTRODUÇÃO“Em certa vila da Nova Inglaterra, estava-se cavando um poço. Quando o trabalho estava quase pronto, estando um homem ainda no fundo do mesmo, houve um desmoronamento, e ele ficou enterrado. Instantaneamente foi dado o alarme, e mecânicos, fazendeiros, comerciantes, advogados, correram ansiosamente para salvá-lo. Cordas, escadas e pás …

Saiba Mais »

25 Sermões Doutrinário Adventistas (Pr. Alberto Timm)

Estes estudos não são meramente uma coletânea de sermões sobre algumas doutrinas distintivas da Igreja Adventista do 7° Dia, mas um método eficaz para envolver os membros de nossa comunidade no cumprimento da missão da igreja.As orientações introdutórias contidas neste material facilitarão a implantação do método proposto.Alberto Ronald Timm preparou …

Saiba Mais »

Lar, enfim

O Horizonte Perdido, de James Hilton, 1 descreve o acidente de um avião que, sem combustível, é obrigado a pousar à noite entre as montanhas do Tibete. Com o impacto da aterrissagem, o piloto acaba morrendo, mas os quatro passageiros sobrevivem e são conduzidos por um grupo de tibetanos ao mosteiro lamaísta de …

Saiba Mais »

Sangue na veia – A Bíblia proíbe a transfusão de sangue?

Embora injeções de sangue animal em seres humanos já houvessem sido feitas no século 17, a primeira transfusão de sangue humano em seres humanos foi realizada em 1818, pelo médico inglês James Blundell. Tais experimentos foram, no entanto, de pouco êxito até a descoberta dos grupos sangüíneos, em 1900, pelo imunologista austríaco Karl …

Saiba Mais »

Sangue precioso – Cristo asperge sangue literal em Sua ministração no santuário celestial?

No cerimonial típico do Antigo Testamento, a ministração do sangue dos animais sacrificados era geralmente restrita ao próprio altar de holocausto, localizado no pátio do santuário. O sangue podia ser aspergido “em redor sobre o altar” (Lv 1:5 e 11), posto “sobre os chifres do altar” (Lv 4:25, 30 e 34; 8:15; …

Saiba Mais »

Destino eterno – O ser humano foi criado mortal ou imortal?

A fim de compreender o conceito bíblico de imortalidade precisamos fazer uma clara distinção entre a imortalidade inerente a Deus e a imortalidade condicional das Suas criaturas. A Bíblia afirma que Deus é “o único que possui imortalidade” inerente em Si mesmo (1Tm 6:16). Como a única Fonte da vida, Deus concedeu …

Saiba Mais »

O que a Bíblia diz sobre masturbação?

A Bíblia não fala explicitamente sobre masturbação, mas apresenta vários princípios que nos ajudam na compreensão do assunto. Somos ensinados pela Palavra de Deus que o sexo, em vez de ser usufruído egoisticamente, deve ser compartilhado exclusivamente dentro do relacionamento matrimonial. O plano divino não é “que o homem esteja só” (Gn 2:18), …

Saiba Mais »

Por que a Bíblia católica tem mais livros do que a protestante?

A Bíblia protestante é constituída por 66 livros, 39 dos quais formam o Antigo Testamento e 27 o Novo Testamento. Já a Bíblia católica possui, além desses 66 livros, outros sete livros completos (Tobias, Judite, I Macabeus, II Macabeus, Baruque, Sabedoria e Eclesiástico) e alguns acréscimos ao texto dos livros de Ester …

Saiba Mais »

A mentira de Raabe

Como explicar o fato da prostituta Raabe haver escondido os espias de Josué, e haver mentido a respeito (Js 2), e Deus ainda usar de misericórdia para com ela e seus familiares? (Js 6:22-25) Somos propensos, muitas vezes, a pensar que Deus, para ser justo, deve restringir Sua oferta de salvação apenas às …

Saiba Mais »

Sendo que Cristo ressuscitou no domingo, não deveria este ser o dia de guarda para todos os cristãos?

A maioria dos observadores do domingo tenta justificar essa prática alegando que a ressurreição de Cristo ocorreu no primeiro dia da semana. Não resta a menor dúvida de que Cristo morreu numa sexta-feira à tarde, descansou na sepultura durante o sábado, e ressuscitou antes do alvorecer do “primeiro dia da semana” (ver …

Saiba Mais »

Um pastor me disse que Deus determinou antecipadamente quem vai ser salvo

Deus sabe realmente quem vai ser salvo e quem se perderá, porque Ele é “perfeito em conhecimento” (Jó 37:16) e “conhece todas as coisas” (I Jo 3:20), inclusive “o que há de acontecer” (Is 46:10). Mas esse conhecimento divino, que é absoluto mas não-causativo, não restringe de qualquer forma a liberdade humana …

Saiba Mais »

O que a Bíblia diz sobre a dança?

Uma análise das referências bíblicas à dança revela o fato de que as danças israelitas consideradas como apropriadas eram de natureza litúrgica, sendo acompanhadas por hinos de louvor a Deus. Elas eram geralmente praticadas entre grupos de pessoas do mesmo sexo e sem quaisquer conotações sensuais (ver Êx 15:20; Jz 11:34; 21:21-23; I …

Saiba Mais »

Podemos considerar a Deus como a Natureza globalizada pelas leis instituídas bioquimifisiologicamente e matematicamente?

Para explicar a misteriosa origem do mundo e do Universo, só existem duas alternativas plausíveis. Ou cremos na existência de um Ser Supremo (Deus), que é a Causa sem causa de tudo o que existe; ou teremos de admitir que, em determinada época, a própria matéria era inteligente, com capacidades criadoras e …

Saiba Mais »