O Dilema da Dúvida

Respondeu-lhe Tomé: Senhor meu e Deus meu! Disse-lhe Jesus: Porque Me viste, creste? Bem-aventurados os que não viram e creram. João 10:28-29.

A dúvida é um dilema que incomoda muita gente. E com Tomé não foi diferente. Meio desconfiado e com um pé atrás, ele olha para Jesus e não acredita no que está vendo. O Mestre, lendo-lhe o coração, propõe: “Põe aqui o teu dedo e vê as Minhas mãos; chega também a tua mão e põe-na no Meu lado; não sejas incrédulo, mas crente.” João 20:27.

Certo homem perguntou ao bispo Sheen: “O senhor crê que Jonas permaneceu três dias no ventre de uma baleia?” O bispo respondeu: “Não sei, mas quando eu for para o Céu, vou perguntar-lhe.” Então o homem replicou: “E se Jonas não estiver no Céu?” O bispo respondeu: “Pergunte a ele.”

A dúvida é a causa de muitas desgraças. Na esteira da dúvida, há todo tipo de concepção a respeito do Universo e da vida.

Há dúvida até mesmo entre pessoas que se dizem cristãs. Certa ocasião, uma senhora de nossa igreja me disse: “Sou adventista há muitos anos, mas tenho dificuldades para entender certas coisas da Bíblia.” Não foi fácil convencê-la de que a Palavra de Deus é digna de crédito. Sugeri-lhe, então, que lesse o capítulo “Expulse a dúvida”, do livro Caminho a Cristo.

Algum tempo depois, aquela irmã, toda feliz e com o livro na mão, ressaltou o seguinte trecho: “Os ensinos e restrições da Palavra de Deus não agradam ao coração orgulhoso, amante do pecado, e os que não se sentem dispostos a obedecer-lhe os preceitos, estão prontos a pôr-lhe em dúvida a autoridade. A fim de chegar à verdade é mister que em nós exista um sincero desejo de conhecê-la, e um coração voluntário para obedecer-lhe. E todos quantos, com este espírito, se põe a estudar a Bíblia, encontrarão abundantes provas de que ela é a Palavra de Deus, e poderão obter quanto a suas verdades uma compreensão que os tornará sábios para a salvação.” (Pág. 111).

Ellen White afirma, algumas linhas abaixo, que existe “uma prova que está ao alcance de todos – tanto do mais culto, como do mais iletrado – e esta é a da experiência. Deus nos convida a verificar por nós mesmos a veracidade de Sua Palavra, a fidelidade de Suas promessas. Ele nos convida: ‘Provai e vede que o Senhor é bom.’” Sal. 34:8.

Pergunta para Reflexão:

Duvidar, enquanto muitos crêem, é sinal de intelectualidade ou insensatez?

Rubens S. Lessa, A Esperança do Terceiro Milênio, pág. 114.

Sobre Weleson Fernandes

Weleson Fernandes
Escritor & Evangelista da União Central Brasileira

Verifique também

Refúgio que nunca falha

Não estejais inquietos por coisa alguma; antes, as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante …

Como livrar-se da culpa

Quem, ó Deus, é semelhante a Ti, que perdoas a iniqüidade e que Te esqueces …

O Ùnico Caminho Seguro

Quando te desviares para a direita e quando te desviares para a esquerda, os teus …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: