Descoberto selo com 2000 anos utilizado no Templo de Jerusalém

Carimbo era usado por sacerdotes na aprovação de objectos rituais.

Um selo de barro com 2000 anos foi encontrado junto ao chamado Segundo Templo, em Jerusalém, do qual hoje só resta o Muro das Lamentações. Foi encontrado precisamente perto do muro e tem inscrito duas palavras em aramaico que significam “puro para Deus“.

As escavações que deram origem a esta descoberta rara estão a ser levadas a cabo por arqueólogos da Autoridade de Antiguidades de Israel, um organismo governamental independente.

Ronny Reich, o arqueólogo da Universidade de Haifa que dirige a escavação, acredita que o selo pode ser datado entre o primeiro século a. C. e o ano 70 d.C., data em que o exército romano reprimiu a revolta judaica, destruindo o segundo dos templos bíblicos e obrigando à chamada Segunda Diáspora.

Esta é a primeira descoberta de um selo escrito desse período da história de Jerusalém. É, além do mais, o primeiro dos artefactos utilizados em práticas rituais do Templo até hoje encontrado.

É muito raro descobrir artefactos que tivessem ligação ao Templo. O sítio do templo propriamente dito – a que os judeus chamam Monte do Templo e os muçulmanos Santuário Nobre – permanece fora dos limites da investigação arqueológica, devido a questões político-religiosas.

Carimbo simbólico

Os arqueólogos dizem que o selo seria usado por oficiais dos Templo na aprovação de um objecto para uso ritual – como óleo ou animais para sacrifício. Os materiais utilizados pelos sacerdotes teriam de seguir estritamente as regras de pureza estabelecidas no texto Mishná, uma das principais obras do judaísmo rabínico, onde também se fala da utilização de selos como símbolos pelos peregrinos.

O sítio onde o selo foi encontrado está na rota de uma rua principal que percorre a antiga Jerusalém mesmo do lado de fora do templo.

Aren Maeir, da Universidade de Bar-Ilan, investigador especializado em Arqueologia Bíblica, não esteve envolvido nesta investigação, mas admite que este achado é especial pois foi encontrado ao lado do templo e é similar aos selos descritos no Mishná.

Ciência Hoje

Sobre Weleson Fernandes

Weleson Fernandes
Escritor & Evangelista da União Central Brasileira

Verifique também

O Sudário de Turim

A revista Veja desta semana traz de volta a polêmica em torno do Santo Sudário, o …

Cobertos pelo Sangue

Nosso caminho pode ser longo e difícil, mas podemos evitar a destruição, da mesma forma que os …

Museu adventista de arqueologia ganha novos artefatos históricos

Engenheiro Coelho, SP…[ASN] O maior museu de arqueologia bíblica da América do Sul, localizado no …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: