A IMORTALIDADE DA ALMA

 

INTRODUÇÃO:

Gên. 3:4.

1. ” Mediante os dois grandes erros – a imortalidade da alma e a santidade do domingo – Satanás há de enredar o povo em suas malhas.” – O Grande Conflito, pág. 588.

2. “Satanás iniciou o seu engano no Éden. Disse à Eva: ‘Certamente não morrereis.’

3. “Esta foi a primeira lição de Satanás sobre a imortalidade da alma, e ele tem prosseguido com este engano desde aquele tempo até o presente, e o conservará até que termine o cativeiro dos filhos de Deus.” – Primeiro Escritos, 218.

4. Daí a necessidade de conhecermos o que a Bíblia diz sobre o assunto para não sermos enredados por este engano tão aceito e difundido no mundo religioso.

I. A CRIAÇÃO E AS CARACTERÍSTICAS DO HOMEM


1. De que matéria Deus fez o homem no princípio? Gên. 2:7

2. Que ato específico do Criador tornou o homem uma “alma vivente”? Gên. 2:7 (ú.p.)

(1) A criação da forma humana era perfeita, mas era inanimada. Não tinha vida.

(2) Foi aí que “um Deus pessoal, de existência própria, inspirou naquela forma o FÔLEGO DA VIDA e o homem tornou-se um ser vivo, inteligente.

(3) “Todas as partes do seu organismo se puseram em ação.”

(4) “O coração, as artérias, as veias, a língua, as mãos, os pés, os sentidos, as faculdades da mente, tudo se pôs a funcionar…

(5) “O homem tornou-se alma vivente. Mediante Cristo, a Palavra, um Deus pessoal criou o homem, dotando-o de inteligência e poder.” – Ciência do Bom Viver, 415:1.

3. Há outras criaturas chamadas “alma vivente” além do homem? Apoc. 16:3.

4. Qual a diferença que existe entre o homem com outras criaturas viventes com referência as características físicas? Gên. 2:7; Ecles. 3:19; Atos 17:25.

5. Que nome dá Jó a isto que Deus soprou nas narinas do homem? Jó 27:3.

(1) “O Fôlego que Deus lhe deu” é o que aparece na margem.

(2) O “espírito” é o Fôlego por meio do qual o homem vive, que lhe é emprestado por Deus. Quando o homem morre o Fôlego ou o Espírito volta novamente ao Autor da Vida. Ecles. 12:7.

II. A NATUREZA DO MORTAL


1. Biblicamente, qual é a natureza do homem? Salmo 8:4

a) A Palavra mortal quer dizer “sujeito à morte”.– Dicionário Prático Ilustrado.

2. Qual é a natureza divina? l Tim. 1:17.

(1) A Palavra imortal significa “não sujeito à morte”. – Idem
“A imortalidade é atributo unicamente de Deus”. 1Test., pág. 344.

3. Se o homem é mortal por natureza, e a imortalidade é inerente ao Deus criador, quando, e como e por quem se originou a doutrina da imortalidade da alma? Gên. 3:4.

(1) A serpente – Satanás – disse: “Certamente não morrereis.”

(2) Com muita perspicácia e astúcia, Satanás misturou a verdade com a mentira?

(3) Satanás desafiou a veracidade da ordem divina com uma mentira clara e aberta. Por esta razão Crista com justiça o chamou de Pai na Mentira. João 8 :44.

4. Que povo foi o primeiro a desenvolver e ensinar a teoria de que a alma é imortal?

(1) “Os Egípcios . . . foram também os primeiros a manifestar a opinião de que a alma do homem é imortal. . .” – Heródoto, livro 2 (Source Book For Bible Students, pág. 346).

(2) Ensinavam a teoria da encarnação, tomando pelo período de transmigração, e que todo processo compreendia 3 mil anos.

(3) Os gregos tomaram emprestados dos egípcios essa teoria e daí ela se alastrou pelo mundo religioso, ganhando tal proporção que a maioria dos púlpitos e igrejas populares a aceitam e a difundem.

5. “O sermão que Satanás pregou a Eva sobre a imortalidade da alma – (Gên. 3:4) eles (os ministros populares) têm reafirmado do púlpito; e o povo o recebe como pura verdade bíblica. Isto é a base do ESPIRITISMO.” – T. 1:344.

a) Poucos sermões foram tão bem aceitos e tão bem difundidos como o sermão da mentira, pregado no púlpito do jardim do Éden junto à árvore da vida, pregado pelo sabotador da verdade.

6. Qual o alcance desse Falso ensino e que doutrina e ensinos bíblicos procura colocar de lado?

(1) O ensino da imortalidade da alma põe de lado a redenção por Cristo.

(2) Da mesma maneira as doutrinas da Ressurreição, da Volta de Cristo, do Juízo Final, do Milênio, caem por terra. João 5:28-29; I Cor. 15:51-56; 1 Tess. 4:16-18; Apoc. 20:1-15.

(3) Qual o significado da palavra “ALMA”? Gên. 2:7.
“ALMA” ou NEFESH em hebraico tem muitos sentidos.

a) Alento ou Fôlego – Jó 14:21.

b) Vida – I Reis 17:21; II Sam. 18:13

c) Coração, como sede dos sentimentos – Gên. 34:3; Cant. 1:17.

d) Ser vivente ou pessoa – Gên. 12:5; 36:6; Lev. 4:2.

e) O NEFESH ou alma pode morrer – Juízes 16:30; ser morto Núm. 31:19; ser destruída – Ezeq. 22:25; Pode Pecar; Ezeq. 18:4; Pode ser redimida – Sal. 34 :22; Ezeq. 33:9.

(4) Em nenhum caso há margem pura a teoria ou doutrina da imortalidade da alma,

7. Segundo as Escrituras, que acontece com o homem ao morrer?

(1) “Não permanece” – Jó 14:2
(2) “Morto o homem é consumido” – Jó 14:10
(3) “O homem volta para o pó” – Jó 34:15
(4) “Tornam-se em sua terra . . .” – Sal. 146:4
(5) “O espírito (Fôlego) volta a Deus que o deu” – Ecles. 12:7
(6) “Não tens conhecimento dos homens, de Deus e de coisa alguma – Jó 14:21; Sal. 6:5; Sal. 146:4; Ecles. 9:5

(7) Vai para a sepultura (sheol ou inferno) – Sal. 115:17; Jó 17:13; 21:32; João 11:11 e 14.

8. O que é a morte, então?

(1) “É o oposto da vida. É o retorno do homem ao que era antes (Pó).
(2) É a retirada da vida e de tudo o que ela implica.
(3) Vida sugere atividade. Na morte a atividade cessa.
(4) “Na morte é cortada toda a relação com a vida.” – W. L. Emerson, The Bible Speaks, 660.
(5) Segundo as palavras de Cristo a morte é “um sono” João 11:11 e 13.

9. Quando que os mortos serão despertados do seu sono? Jó 14:14-15; João 5:25; I Tess. 4:16; Isa. 26:19; Mat. 24:30-31; I Cor. 15:52.

10. Quantas ressurreições haverá? João 6:29; Dan. 12:2.

(1) Ressurreição Especial


a) “Uns para a vida eterna” Dan. 12:2 – os que morreram firmes na fé da mensagem do terceiro anjo.

b) “Outros para vergonha é desprezo eterno” Dan. 12:2

c) “Os mesmos que O traspassaram (Apoc. 1:7), os que zombaram e escarneceram da agonia de Cristo…” – GC, 635.

(2) Primeira Ressurreição


a) Volta de Cristo – I Tess. 4:16; Apoc. 20:4
b) Mil anos – junto com Cristo no Céu – Apoc. 20:4, 6
c) Ímpios na Terra – serão mortos. – Apoc. 20:6
(3) Segunda Ressurreição
a) Após o milênio – Apoc. 20:6
b) Destruição do pecado e pecadores e de Satanás e de seus anjos.
c) Erradicação do mal para sempre e o estabelecimento do reino de Cristo aqui para nesta terra, no Éden restaurado.

CONCLUSÃO


1. A melhor maneira de combater a mentira é apresentar a verdade. E a melhor maneira de conhecer a verdade é através da Palavra de Deus.

2. Satanás procurou obliterar o plano da Salvação através do ensino da imortalidade da alma nas palavras “certamente não morrereis”.

3. O homem é mortal por natureza e pela Graça de Cristo um dia ele poderá alcançar a vida eterna. João 17:3

4. Vale a pena aceitá-lo como o nosso Criador, Autor e Salvador de nossa vida para um dia com Ele morarmos para sempre.

Leitura Auxiliar


1. Comentário Bíblico – Vol. L, págs. 234 -243
2. Princípios de Vida – Págs. 331-362
3. Catecismo Católico – Capítulo “Imortalidade da Alma”

 


Veja aqui a lista de temas das DOUTRINAS BÍBLICAS.

 

 

Sobre Weleson Fernandes

Weleson Fernandes
Escritor & Evangelista da União Central Brasileira

Verifique também

A ATRAÇÃO DA CRUZ DE CRISTO

  INTRODUÇÃO: Os méritos da cruz de Cristo oferecidos aos pecadores. 1. Completa a eterna …

A MISSÃO DA IGREJA

  INTRODUÇÃO: S. Mat. 28:19-20 1. “A igreja foi organizada para servir, e sua missão …

QUE O LAR SEJA REALMENTE UM LAR

  INTRODUÇÃO 1. No plano divino da criação deste mundo, o estabelecimento do lar estava …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: