Sermão 9 – OS ELOS DE UMA CORRENTE

ASSUNTO: “União”

OBJETIVO: Despertar a necessidade de união entre os membros e o amor ao nosso próximo.

TEXTO: Rom. 12: 4-21

TESE: A união é um principio que começa aqui e continua nos céus.

INTRODUÇÃO:

Vamos imaginar que estamos na beira da praia a observar o mar; vemos lá no
horizonte um navio. Este por estar distante aparenta-se pequeno, mas quando se aproxima
de nós vemos que é enorme. O navio para, vemos um objeto ser jogado na água. Este logo
afunda porque é muito forte e pesado, é uma ancora. A função desta é manter o navio
parado e seguro, mas ela perderia sua utilidade se não existisse a corrente que a liga ao
navio. A corrente tem que ser bem forte, grossa e bem cuidada para que a ferrugem não a
danifique. Então a corrente perderia sua função, pois seus elos ficariam fracos e perderiam
sua força e a corrente se romperia.
Podemos agora fazer uma analogia entre o navio, a ancora e os elos da corrente,
com a igreja, Jesus Cristo e os membros. A igreja (doutrina) é como um navio ancorado,
onde a ancora é Jesus Cristo, pois é Ele que a mantém e a sustenta e a corrente somos nós,
elos interligados uns aos outros com a função de ajudar a Jesus a manter a igreja firme e
protegida. Quando ficamos desunidos por causa do “ferrugem do pecado”, do egoísmo, da
hipocrisia, da presunção então a corrente se parte e a igreja fica a deriva sujeita as terríveis
ondas dos ardis de Satanás, porque ela perderá o contato com Cristo que é a ancora segura.

I. ANÁLISE DO TEXTO.

Leiamos Romanos 12: 4 -21, estes versículos falam claramente como deve ser o
nosso comportamento como membros de Cristo com a igreja, com o próprio Jesus e com
nossos irmãos de fé. Vamos analisá-los parte por parte.
Nos versículos 4 e 5: “Porque assim como num só corpo temos muitos membros,
mas nem todos os membros têm a mesma função,”; “Assim também nós, conquanto muitos,
somos um só corpo em Cristo e membros uns dos outros”.
Assim como cada elo forma uma corrente e uma corrente nós formamos a igreja. Temos
funções diferentes, mas temos os mesmos propósitos nos mantermos unidos a Cristo
(ancora) para que a igreja (o navio) se mantenha segura. Somos membros uns dos outros,
sou seu braço, você é minha cabeça, ele é suas pernas e você é a boca dele em outras
palavras os braços significam os trabalhos manuais, a cabeça -os trabalhos da mente, as
pernas – o trabalho missionário, a boca o trabalho de pregar e etc. Todos somos de igual
valor pois Jesus precisa de todos os membros para manter Seu corpo seguro e funcionando
em perfeito estado, nenhum membro é maior ou menor desde a unha ao celebro todos tem a
mesma importância apesar de exercerem funções diferentes um depende do outro.
Nos versículos 6-15, Paulo enfatiza que seja qual for a sua função como membro do corpo
de Cristo e como membro de seu irmão, que seja bem feita com amor, com fé e
diligentemente. Para que “o ferrugem do pecado” não estrague a corrente e os elos se
quebrem e Satanás traga ondas e leve o navio (a igreja) desancorado para lugares perigosos.
Nos versículos 16-21, Paulo nos exorta amarmos uns aos outros, a fazer sempre o bem e
termos paz uns para com os outros. Para evitar a ferrugem temos que cuidar da corrente,
temos que nos mantermos unidos, amando uns aos outros, dando alimento, conforto amigo
e material mesmo se forem pessoas que não te tratem bem, pois nossa missão é manter a
igreja unida e o amor a seu próximo.

CONCLUSÃO:

Seja quem for seu próximo ame-o, não fale mal de ninguém mesmo que seja verdade, não
humilhe ninguém mesmo que este seja a sua unha ele tem sua contribuição a fazer na obra
de Deus a unha faz parte dos dedos de Jesus Cristo e é igual a você, mesmo que você seja o
coração, pois um coração não pode exercer a função de uma unha, nós precisamos uns dos
outros assim como elos são partes uns dos outros formando a corrente nós somos membros
uns dos outros e formamos o corpo de Cristo.

APELO:

Hoje Jesus convida a você que já é membro da igreja a fazer bem feito a sua função e a
você amigo e visitante a também fazer parte do Corpo de Cristo e fazer sua obra para
contribuir para a sua salvação e a de muitos. Seja mais um elo forte e interligue-se a essa
corrente. Jesus te chama para unir forças com outros nesta caminhada rumo à Canaã
Celestial.

 

Fonte: Blog Mais Relevante

 

 

 

Sobre Weleson Fernandes

Escritor & Evangelista da União Central Brasileira

Verifique também

Sermão 10 – QUAL É A IGREJA QUE CRESCE?

ASSUNTO: Crescimento da igreja. OBJETIVO: Incentivar os irmãos a porem em prática duas características: Intrepidez …

Sermão 8 – O VERDADEIRO DESCANSO

TEMA: Vida espiritual. PROPÓSITO: Levar a igreja a compreenderam vida de descanso TEXTO “ Vinde …

Sermão 7 – O IRMÃO DO FILHO PRÓDIGO

  TEMA: Aceitação. PROPÓSITO: Amar a volta do irmão. TEXTO: Lucas 15:11-32. TESE: O amor …

Deixe uma resposta

×

Sejam Bem Vindos!

Sejam bem Vindo ao Portal Weleson Fernandes !  Deixe um recado, assim que possível irei retornar

×
%d blogueiros gostam disto: