Buscadores da verdade


Porque, quanto ao Senhor, Seus olhos passam por toda a Terra, para mostrar-se forte para com aqueles cujo coração é perfeito para com Ele. 2 Crônicas 16:9.

Em todas as partes, em regiões distantes como nas próximas de casa, há homens e mulheres tementes a Deus, em procura da verdade. Sabem que existe Deus; a Ele apresentam orações; nEle confiam; procedem justamente como procedem os cristãos. Do caso de Cornélio (Atos dos Apóstolos 10) aprendemos que Deus guiará a todos os que estão dispostos a se deixar guiar. Ele guiou Cornélio. Sondou o coração de Seu servo, ao orar. Preparou-o para receber a luz de Sua verdade; e dispôs-Se a iluminar o espírito de Cornélio mediante a atuação de alguém que já recebera a luz de cima.

O Senhor notou cada um dos atos de Cornélio. Todo o Céu observou a doação de esmolas e as orações daquele devoto centurião. O grande Pastor tratou-o tão ternamente como se fosse uma de Suas ovelhas.

Assim se dá hoje. O Senhor tem os olhos sobre todo aquele que O busca. Interessa-se em toda pessoa necessitada de auxílio, e não deixará nenhuma nas trevas do erro; mas, passo a passo, a guiará para a luz plena da verdade que brilha de cada uma das páginas das Escrituras. … O Senhor vê cada um de nossos atos. Ele sabe justamente que progressos temos feito no caminho cristão. Quão bondoso, quão terno é nosso grande Pastor! Com intenso interesse Ele, de Seu exaltado trono, baixa os olhos para as ovelhas de Seu pasto, e dá-lhes graça e forças.

Constantemente os instrumentos celestiais estão em comunicação com os homens e mulheres na Terra. Não podemos ver pessoalmente os anjos de Deus ao nosso redor; não obstante estão conosco, guiando-nos e dirigindo-nos. Devemos estar tão plenamente sob a influência do Espírito de Deus que sejamos susceptíveis à Sua guia.

Toda vez que sejamos impressionados a dizer ou fazer alguma coisa para ajudar a um semelhante, devemos estar dispostos para atender de pronto às indicações do Espírito Santo. Só estaremos dispostos a isso fazer se vivermos em íntima relação com Deus. O dar esmolas, as fervorosas orações, são apenas indícios de que estamos fazendo as obras de um cristão, e de que submetemos nosso espírito à influência moldadora do Espírito de Deus.

Referência : Ellen G. White, Nos Lugares Celestiais, pág. 331.

Por: Weleson Fernandes

Sobre Weleson Fernandes

Avatar
Escritor & Evangelista da União Central Brasileira

Verifique também

Refúgio que nunca falha

Não estejais inquietos por coisa alguma; antes, as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante …

Como livrar-se da culpa

Quem, ó Deus, é semelhante a Ti, que perdoas a iniqüidade e que Te esqueces …

O Ùnico Caminho Seguro

Quando te desviares para a direita e quando te desviares para a esquerda, os teus …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: