Cristo tem poder

KONICA MINOLTA DIGITAL CAMERA

Também, nEle, estais aperfeiçoados. Ele é o cabeça de todo principado e potestade. Colossenses 2:10.

Devemos viver sob os cálidos, amáveis raios do Sol da Justiça. Nada, a não ser Seu amor compassivo, Sua divina graça, Seu poder grandioso podem capacitar-nos a superar o incansável inimigo e superar a oposição do coração humano. O que é nossa força? É o prazer do Senhor. Que o amor suavizante de Cristo encha o coração e seremos abrandados e subjugados, preparados para receber o poder que Ele tem para nós.

Agradeçamos a Deus todo dia pelas bênçãos que recebemos. Se o instrumento humano se humilhar diante de Deus, reconhecendo quão inapropriado é para ele acariciar um sentimento de auto-suficiência; reconhecendo sua total incapacidade de executar o trabalho que precisa ser feito a fim de que sua alma seja purificada, lançando fora e desvalorizando sua própria justiça, Cristo gravará Sua própria imagem sobre sua alma. Lançará Sua mão à obra de recriá-lo e continuará até que ele esteja completo nEle.

Cristo nunca negligenciará a obra que tem sido colocada em Suas mãos. Ele inspirará o discípulo resoluto com o senso da perversidade da condição maculadora do pecado e da depravação do coração no qual Ele está operando. O verdadeiro penitente aprendeu a inutilidade da importância de si mesmo. Olhando para Jesus, comparando seu próprio caráter defeituoso ao perfeito caráter do Salvador, ele pode dizer:

Em minha mão nenhum preço trago.
Simplesmente à Tua cruz me apego.

Juntamente com Isaías, ele declara: “Senhor, concede-nos a paz, porque todas as nossas obras Tu as fazes por nós. Ó Senhor, Deus nosso, outros senhores têm tido domínio sobre nós; mas graças a Ti somente é que louvamos o Teu nome.” Isaías 26:12, 13.

Contemplando a Cristo com o propósito de tornar-se semelhante a Ele, o que busca a verdade vê a perfeição dos princípios da lei de Deus, e torna-se insatisfeito com tudo, menos a perfeição. Ocultando sua vida na vida de Cristo, vê que a santidade da lei divina é revelada no caráter dEle e luta cada vez mais ardentemente para ser semelhante a Ele. Uma batalha pode ser esperada a qualquer momento, pois o tentador vê que está perdendo um de seus súditos. Uma batalha deve ser travada com as qualidades que Satanás tem fortalecido para seu próprio uso.

O instrumento humano vê aquilo que tem de enfrentar: um poder estranho, oposto à idéia de atingir a perfeição de Cristo. Mas com Cristo há poder salvador que obterá para ele vitória no conflito. O Salvador o fortalecerá e ajudará quando ele vier pleitear por graça e eficiência.

Autor: Ellen G. White, Cuidado de Deus, pág. 303.

Sobre Weleson Fernandes

Avatar
Escritor & Evangelista da União Central Brasileira

Verifique também

O que Ellen White diz sobre o jogo de Xadrez, Cartas Damas e Dominó

  Há muitas consultas com relação de qual seja a atitude da senhora White diante …

Qual a base Bíblica do Dom Profético de Ellen White?

A Igreja Adventista do Sétimo Dia advoga o dom de profecia como válido nestes últimos …

O GRANDE CONFLITO: A História por traz do livro

História do Livro “O Grande Conflito”A. Introdução — Gen. 3:15; Apoc. 12:9-10a. Quando respondemos à …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: