Culto em Primeiro Lugar

Levantou Noé um altar ao Senhor e, tomando de animais limpos e de aves limpas, ofereceu holocaustos sobre o altar. Gên. 8:20.

Depois de um extraordinário livramento, nada mais justo do que prestar um culto de louvor e adoração a Deus. Já em terra seca, após cento e cinquenta dias de predomínio das águas, Noé ergueu um altar. Ele deve ter dito: Antes de qualquer outra coisa, agradeçamos a Deus o fato de estarmos vivos. Para o holocausto, ele escolheu animais limpos e aves limpas. O patriarca tinha convivido com essas criaturas na arca, acariciando-as e alimentando-as. Agora, porém, devia sacrificá-las, oferecendo-as a Deus sobre o altar. Os animais escolhidos não tiveram tempo de andar pela terra desolada, nem as aves puderam alçar vôos altaneiros. Estavam destinadas a uma cerimônia muito especial.

O culto foi tocante. Reverência solene, gratidão profunda, alegria incontida, senso de dependência do Soberano do Universo: estes foram os ingredientes da primeira reunião após o dilúvio. Deus fora colocado em primeiro lugar porque Ele havia colocado Noé e sua família num lugar seguro.

Não é necessário que sejamos salvos de um dilúvio para pormos Deus em primeiro lugar em nossa vida diária. O dom da existência, a saúde, o auxílio dos anjos, a consolação do Espírito Santo, a salvação encontrada em Cristo Jesus e a esperança que nos aquece a alma – todas estas coisas são mais que suficientes para colocarmos a Deus antes de qualquer outra atividade. Noé, certamente, não despendeu tempo para verificar os estragos provocados pelo dilúvio. Ele também não se aventurou a subir algum morro ou montanha para ter uma visão mais ampla da terra. Por maior que fosse a curiosidade, o mais importante era agradecer a Deus o grande livramento. Ellen White assim descreve a atitude do patriarca: “Na alegria de seu livramento, Noé não se esqueceu dAquele por cujo gracioso cuidado haviam sido preservados. Seu primeiro ato ao deixar a arca foi construir um altar, e oferecer de toda a espécie de animal e ave limpa um sacrifício, manifestando assim sua gratidão para com Deus pelo livramento, e sua fé em Cristo, o grande sacrifício.” – Patriarcas e Profetas, págs. 105 e 106.

Nada deve impedir o dever da comunhão com Deus, no início de um novo dia. Não há prioridade que supere o louvor e a gratidão. Fala-se muito hoje em qualidade de vida. Na maioria dos métodos adotados, porém, Deus não faz parte da agenda. Seja o culto familiar ou individual o primeiro ato de nossa vida!

Pensamento para Reflexão

Começar o dia com Deus é o primeiro passo para a vitória em todos os nossos empreendimentos.

Rubens S. Lessa, A Esperança do Terceiro Milênio, pág. 123.

Sobre Weleson Fernandes

Weleson Fernandes
Escritor & Evangelista da União Central Brasileira

Verifique também

Refúgio que nunca falha

Não estejais inquietos por coisa alguma; antes, as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante …

Como livrar-se da culpa

Quem, ó Deus, é semelhante a Ti, que perdoas a iniqüidade e que Te esqueces …

O Ùnico Caminho Seguro

Quando te desviares para a direita e quando te desviares para a esquerda, os teus …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: