Misericórdia para os misericordiosos

Sede, pois, misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso. Lucas 6:36.

A misericórdia é um atributo de que o instrumento humano pode participar, juntamente com Deus. Como fez Cristo, assim pode o homem apoderar-se do braço divino e manter comunicação com o poder divino. Foi-nos dado um serviço de misericórdia para ser feito em favor de nossos semelhantes. Efetuando esse serviço, trabalhamos em sociedade com Deus. Bem faremos, pois, em ser misericordiosos, como é misericordioso nosso Pai no Céu. “Misericórdia quero”, diz Deus, “e não sacrifício.” Mateus 9:13. A misericórdia é bondosa, compassiva. A misericórdia e o amor de Deus purificam a alma, aformoseiam o coração e limpam do egoísmo a vida. A misericórdia é uma manifestação do amor divino e é manifestada pelos que, identificados com Deus, O servem, refletindo a luz do Céu sobre o caminho dos semelhantes. O estado de muitas pessoas requer a prática da genuína misericórdia. Os cristãos, em seu trato uns com os outros, devem ser controlados pelos princípios da misericórdia e amor. Devem aproveitar todas as oportunidades de ajudar seus semelhantes em aflição.

Que os que desejam aperfeiçoar um caráter cristão sempre tenham em mente a cruz na qual Cristo morreu morte cruel, para redimir a humanidade. Nutram sempre o mesmo espírito misericordioso que levou o Salvador a fazer, para nossa redenção, um sacrifício infinito. …

Os misericordiosos “alcançarão misericórdia”. Mateus 5:7. “A alma generosa prosperará, e quem dá a beber será dessedentado.” Provérbios 11:25. Há doce paz para o espírito compassivo, uma bendita satisfação na vida de abnegado serviço para o bem dos outros.

Aquele que tenha dedicado a vida a Deus, em ministério em favor de Seus filhos, acha-se unido Àquele que tem todos os recursos do Universo ao Seu dispor. Pela cadeia áurea das promessas imutáveis, sua vida é vinculada à vida de Deus. O Senhor não lhe faltará na hora do sofrimento e necessidade. “O meu Deus, segundo as Suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus.” Filipenses 4:19. E na hora da necessidade final o misericordioso encontrará refúgio na misericórdia do compassivo Salvador, e por Ele será recebido nas habitações eternas.

Ellen G. White, Nos Lugares Celestiais, pág. 243.

Sobre Weleson Fernandes

Weleson Fernandes
Escritor & Evangelista da União Central Brasileira

Verifique também

O que Ellen White diz sobre o jogo de Xadrez, Cartas Damas e Dominó

  Há muitas consultas com relação de qual seja a atitude da senhora White diante …

Qual a base Bíblica do Dom Profético de Ellen White?

A Igreja Adventista do Sétimo Dia advoga o dom de profecia como válido nestes últimos …

O GRANDE CONFLITO: A História por traz do livro

História do Livro “O Grande Conflito”A. Introdução — Gen. 3:15; Apoc. 12:9-10a. Quando respondemos à …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: