O espírito de submissão

Orai sem cessar. 1 Tessalonicenses 5:17.

Orai frequentemente a vosso Pai celestial. Quanto mais vezes vos empenhais em oração, tanto mais será atraída vossa alma em sagrada proximidade de Deus. O Espírito Santo fará intercessão pelo suplicante sincero, com gemidos inexprimíveis, e o coração será abrandado e sensibilizado pelo amor de Deus. As nuvens e sombras que Satanás lança em torno da vida serão espancadas pelos brilhantes raios do Sol da Justiça, e as recâmaras da mente e do coração serão iluminadas pela luz do Céu.

Mas não vos desanimeis se vossas orações não parecem alcançar resposta imediata. O Senhor vê que a oração é muitas vezes misturada com coisas terrenas. Os homens oram pedindo aquilo que satisfaça a seus desejos egoístas, e o Senhor não lhes cumpre os pedidos da maneira em que esperam. Leva-os através de provas e aflições, conduzindo-os através de humilhações, até que vejam mais claramente quais são suas necessidades. Ele não dá aos homens aquilo que satisfaça a um apetite pervertido, e que se demonstraria um mal ao agente humano, tornando-o uma desonra para Deus. Não concede aos homens aquilo que lhes satisfaça às ambições, resultando apenas em exaltação própria. Quando vamos a Deus, temos de ser submissos e contritos de coração, tudo subordinando a Sua sagrada vontade.

No jardim do Getsêmani, Cristo orou ao Pai, dizendo: “Meu Pai, se é possível, passa de Mim este cálice.” O cálice que Ele pedia fosse dEle removido, e que tão amargo se aparentava a Sua vida, era o cálice da separação de Deus, em conseqüência do pecado do mundo. “Todavia, não seja como Eu quero, mas como Tu queres.” Mateus 26:39. O espírito de submissão revelado por Cristo ao apresentar a Deus Sua oração, é o espírito que é aceitável a Deus. Que o pecador sinta sua necessidade, seu desamparo, sua nulidade; sejam invocadas todas as suas energias, num sincero desejo de auxílio, e o auxílio virá. … Que a fé atravesse as trevas. Andai com Deus no escuro assim como na luz, repetindo as palavras: “Fiel é O que prometeu.” Hebreus 10:23. Pela prova da nossa fé seremos treinados a confiar em Deus. O Senhor nos imbuirá de Seu Santo Espírito, a fim de que sintamos nossa necessidade e busquemos Seu auxílio.

Ellen G. White, Nos Lugares Celestiais, pág 88.

Sobre Weleson Fernandes

Avatar
Escritor & Evangelista da União Central Brasileira

Verifique também

O que Ellen White diz sobre o jogo de Xadrez, Cartas Damas e Dominó

  Há muitas consultas com relação de qual seja a atitude da senhora White diante …

Qual a base Bíblica do Dom Profético de Ellen White?

A Igreja Adventista do Sétimo Dia advoga o dom de profecia como válido nestes últimos …

O GRANDE CONFLITO: A História por traz do livro

História do Livro “O Grande Conflito”A. Introdução — Gen. 3:15; Apoc. 12:9-10a. Quando respondemos à …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: