Sentimento diferente da fé

Porque andamos por fé e não por vista. 2 Coríntios 5:7.

Ao satisfazermos a Palavra escrita, devemos então andar pela fé. Desonramos a Deus quando deixamos de confiar nEle depois de dar-nos tão maravilhosa demonstração de Seu compassivo amor no dom de Seu Filho. Cumpre-nos continuar a olhar a Jesus, orando com fé, apoderando-nos de Sua força. Se exprimíssemos mais nossa fé, nos regozijássemos mais nas bênçãos que agora possuímos, teríamos diariamente grande alegria e resistência.

Sentimento e fé são tão distintos um do outro como o Leste é do Oeste. A fé não depende do sentimento. Devemos consagrar-nos cada dia a Deus, e crer que Cristo compreende e aceita o sacrifício, sem nos examinar para ver se temos aquele grau de sentimento que julgamos devia corresponder a nossa fé. Não temos nós certeza de que nosso Pai celeste está mais disposto a dar o Espírito Santo aos que Lho pedem com fé do que o estão os pais de dar boas coisas a seus filhos? Devemos prosseguir como se a cada oração que enviamos ao trono de Deus ouvíssemos a resposta dAquele cujas promessas nunca falham. Mesmo quando deprimidos pela tristeza, é nosso privilégio entoarmos melodias a Deus no coração. Quando assim fizermos, a cerração e as nuvens se dissiparão e passaremos da sombra e das trevas para a clara luz solar de Sua presença.

Se educássemos nossa mente em ter mais fé, mais amor, maior paciência, mais perfeita confiança em nosso Pai celeste, teríamos mais paz e felicidade ao atravessar os conflitos da vida. O Senhor não Se agrada de que nos impacientemos e fiquemos ansiosos, fora dos braços de Jesus. É Ele a única fonte de toda graça, o cumprimento de toda promessa, a realização de toda bênção. … Nossa peregrinação seria na verdade solitária, não fosse Jesus. “Não vos deixarei órfãos” (João 14:18), diz-nos Ele. Nutramos Suas palavras, creiamos em Suas promessas, repitamo-las dia a dia e meditemos nelas nas horas da noite, e sejamos felizes.

Autor: Ellen G. White, Nossa Alta Vocação, pág. 115.

Sobre Weleson Fernandes

Escritor & Evangelista da União Central Brasileira

Verifique também

Sermão VII: PRECE

O Céu tem sido a bendita esperança dos genuínos cristãos de todos os tempos! . . . Mas não é necessário que primeiro entremos pelos portais da cidade eterna, para que o Céu se torne uma realidade na nossa vida. Pelo contrário, “o Céu deve começar aqui na Terra” (Meditações Matinais 1965, p. 112), pois “a vida na Terra é o princípio da vida no Céu. . .

Teria Ellen White plagiado outros autores?

No inicio da década de 1980 um ex-pastor adventista da Califórnia, EUA, chamado Walter Rea …

O que Ellen White diz sobre o jogo de Xadrez, Cartas Damas e Dominó

  Há muitas consultas com relação de qual seja a atitude da senhora White diante …

Deixe uma resposta

×

Sejam Bem Vindos!

Sejam bem Vindo ao Portal Weleson Fernandes !  Deixe um recado, assim que possível irei retornar

×
%d blogueiros gostam disto: