Home / Devocional / Vitória pela vigilância

Vitória pela vigilância

Vigiai e orai, para que não entreis em tentação. Marcos 14:38.

Podeis estar rodeados de tentações, todavia estais seguros enquanto nelas não entrardes. Muitos de nós somos vencidos por Satanás porque marchamos diretamente para dentro da tentação. … Cabe-vos manter-vos afastados de todo aquele e tudo aquilo que tiver a tendência de vos desviar do dever e distrair vossa mente de Deus. … Se forçados a estar na companhia dos maus, não sois forçados a entrar ou a tomar parte em seu mal. Podeis, por meio de oração e vigilância, permanecer incontaminados pelo mal que vos rodeia.

“Vigiai e orai” (Marcos 14:38) é ordem muitas vezes repetida nas Escrituras. Haverá na vida dos que obedecem a essa recomendação uma corrente interior de felicidade que beneficiará a todos com quem eles forem postos em contato. Os que são azedos e mal-humorados de disposição, tornar-se-ão agradáveis e gentis; os orgulhosos tornar-se-ão mansos e humildes.

O homem não pode ser cristão feliz a menos que seja vigilante cristão. O que vence precisa vigiar; pois Satanás, com enredos, erros e superstição, se esforça por ganhar os seguidores de Cristo, e manter-lhes a mente ocupada com seus ardis. Não basta que evitemos perigos manifestos e passos arriscados e incoerentes. Cumpre-nos manter-nos achegados a Cristo, andando no caminho da abnegação e do sacrifício. Não devemos permitir que sejam cegadas nossas percepções espirituais, como o são muitas vezes, por uma vontade forte, determinada. E a fim de perceber os artifícios de Satanás e resistir a seus inesperados ataques, precisamos ter a graça de Cristo e a comunicação de Seu Espírito.

A Palavra de Deus adverte-nos de que temos múltiplos inimigos, não francos e confessos, mas inimigos que vêm com palavras macias e bela linguagem, e que enganariam, se possível, os próprios eleitos. Assim vem Satanás. E ainda, quando serve a seus propósitos, ele anda ao redor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar. A vontade do homem, a menos que seja mantida em sujeição à vontade de Deus, está tantas vezes do lado do inimigo como do lado do Senhor. Portanto, vigiai em oração; vigiai e orai sempre.

Ellen G. White, Nossa Alta Vocação, pág. 127.

Sobre weleson fernandes

Verificar também

Coobreiros de Deus

Porque nós somos cooperadores de Deus; vós sois lavoura de Deus e edifício de Deus. …

Deixe uma resposta

× Deixe um recado
%d blogueiros gostam disto: