Reencarnação

A doutrina base do espiritismo é a volta do espírito à matéria (reencarnação) tantas vezes quantas necessárias para alcançar a perfeição relativa a que se destina. Quer dizer que o ser humano é independente e alcança o céu por seus méritos sem intervenção divina. Uma pessoa dependendo da vida que teve, se boa ou ruim, irá reencarnar da forma que lhe for merecida. Exemplo: Um empregador muito abastado, que tratava mal e injustamente os seus empregados terá na próxima vida o que lhe for merecido, reencarnará pobre e terá um patrão mal e injusto, para que o seu espírito possa evoluir, isso ocorre quantas vezes for necessário. Podemos notar que doutrina espírita exclui o sacrifício de Jesus no calvário.

Vamos entrar agora no âmbito bíblico. O profeta Isaías escreveu esta profecia há quase 700 anos antes de Cristo nascer (Isaías 7:14) Portanto o Senhor mesmo vos dará um sinal: eis que uma virgem conceberá, e dará à luz um filho, e será o seu nome Emanuel. É impressionante, a profecia é clara sobre o messias, não existe outro que se encaixa melhor que Jesus Cristo, que é chamado por Emanuel que significa Deus conosco.

(Isaías 53:3-8) “Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e carregou com as nossas dores; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e esmagado por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas, cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de todos nós. Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a boca; como um cordeiro que é levado ao matadouro, e como a ovelha que é muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a boca.”

Novamente está mais do que visível o papel do nosso messias, ele veio aqui para sofrer por nós, e ser o cordeiro que tira os nossos pecados. (Gálatas 1:4) “o qual se deu a si mesmo por nossos pecados, para nos livrar do presente século mau, segundo a vontade de nosso Deus e Pai.” Se Ele morreu para redenção de nossos pecados, então porque eu irei pagá-los na próxima vida se já os quitou por mim? Aceitar a reencarnação é negar o sacrifício que Jesus fez por nós. Todo aquele sofrimento e humilhação éramos nós que deveríamos passar e não Ele.

(Hebreus 9:27-28) “E, como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo depois o juízo, assim também Cristo, oferecendo-se uma só vez para levar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação.” Se é dado ao homem morrer uma só vez e vindo o Juízo, como poderíamos morrer e nascer novamente e assim iniciarmos um novo ciclo?

Caros irmãos, convido-os a refletir comigo, se evoluímos espiritualmente vida após vida até chegar um momento em que sejamos perfeitos, então porque Jesus veio ao mundo se Ele é perfeito? Se a nossa condição atual é devido a uma vida anterior, seria justo Jesus passar tudo aquilo na cruz? Será que seria possível deixarmos de pecar por nós mesmos? Se tenho que ir a um lugar no qual eu não tenha o endereço, vou errar até chegar lá, mas se toda vez que precisar ir ao mesmo lugar e esquecer o endereço, novamente irei cometer erros para chegar ao meu destino. Deus em sua enorme bondade e misericórdia nunca exporia você a um sofrimento constante.

 

Autor: Paulo Brumana

Sobre Weleson Fernandes

Escritor & Evangelista da União Central Brasileira

Verifique também

A Parábola do Rico e Lázaro prova que o inferno NÃO existe

Analisando a parábola do rico e Lázaro surgem algumas perguntas: – Teria o rico ido realmente …

Conceito dualista e holístico da Alma

A maioria dos cristão acreditam que a natureza humana é dualista, constituindo um corpo material …

A Vida após a Morte na Bíblia

Muitos se consolam com o pensamento de que, após a morte, o defunto estará ao …

Deixe uma resposta

×

Sejam Bem Vindos!

Sejam bem Vindo ao Portal Weleson Fernandes !  Deixe um recado, assim que possível irei retornar

×
%d blogueiros gostam disto: