Segurança no reto pensar

Destruindo os conselhos e toda altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo entendimento à obediência de Cristo. 2 Coríntios 10:5.

Mesmo os pensamentos têm de ser postos em sujeição à vontade de Deus, e os sentimentos sob controle da razão e da religião. Nossa imaginação não nos foi dada para que lhe déssemos rédea solta e ela seguisse sua própria vontade, sem nenhum esforço nosso para restringi-la e discipliná-la. Se os pensamentos não são corretos, incorretos serão também os sentimentos; e os sentimentos e pensamentos combinados perfazem o caráter moral.

O poder do pensamento reto é mais precioso do que uma barra de ouro de Ofir. … Devemos ter em alta conta o devido controle de nossos pensamentos, pois esse controle prepara o espírito e a alma para trabalharem harmoniosamente pelo Mestre. É necessário, para nossa paz e felicidade nesta vida, que nossos pensamentos se centrem em Cristo. Como pensa o homem, assim ele é.

Nosso aperfeiçoamento na pureza moral depende do reto pensar e reto agir. … Os pensamentos maus destroem a alma. O poder de Deus para converter transforma o coração, refinando e purificando os pensamentos. A menos que se faça resoluto esforço por manter os pensamentos centrados em Cristo, não pode a graça revelar-se na vida. A mente tem de empenhar-se na milícia espiritual. Cada pensamento deve ser levado em cativeiro à obediência de Cristo. Todos os hábitos têm de ser postos sob o controle de Deus.

Precisamos de uma constante intuição do enobrecedor poder dos pensamentos puros, e da influência daninha dos pensamentos maus. Ponhamos nossos pensamentos em coisas santas. Sejam eles puros e verdadeiros; pois a única segurança, para qualquer pessoa, está no pensar correto. Devemos servir-nos de todos os recursos que Deus nos pôs ao alcance para o governo e cultivo de nossos pensamentos. Devemos pôr nossa mente em harmonia com a mente divina. A verdade de Deus nos santificará, corpo, alma e espírito, e seremos habilitados a erguer-nos acima da tentação.

A educação do coração, o domínio dos pensamentos, em cooperação com o Espírito Santo, resultarão no controle das palavras. Isso é verdadeira sabedoria, e garantirá paz de espírito, contentamento e calma. Haverá alegria na contemplação das riquezas da graça de Deus.

Ellen G. White, Nos Lugares Celestiais, pág. 166.

Sobre Weleson Fernandes

Avatar
Escritor & Evangelista da União Central Brasileira

Verifique também

O que Ellen White diz sobre o jogo de Xadrez, Cartas Damas e Dominó

  Há muitas consultas com relação de qual seja a atitude da senhora White diante …

Qual a base Bíblica do Dom Profético de Ellen White?

A Igreja Adventista do Sétimo Dia advoga o dom de profecia como válido nestes últimos …

O GRANDE CONFLITO: A História por traz do livro

História do Livro “O Grande Conflito”A. Introdução — Gen. 3:15; Apoc. 12:9-10a. Quando respondemos à …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: