26. Donato Magno

Soterologia – Século IV – Cartago

Rebatismo na Igreja Verdadeira

Donato Magno, cujo nome de batismo era “Donato de Casae Nigra”, que faleceu em 355, foi bispo da Numídia e posteriormente de Cartago.

Donato tornou-se líder de uma seita religiosa cristã chamada donatismo, e que havia surgido nas províncias do Norte da África durante o quarto século depois de Cristo.

Cipriano, Montano e Tertuliano tornaram-se grandes simpatizantes do donatismo. Eles defendiam o rebatismo de heréticos e cristãos vindo de outras seitas.


Nenhum documento restou sobre os primeiros anos de Donato, haja vista que nenhuma de suas correspondências e obras escritas sobreviveu. 

Seu nome apareceu pela primeira vez como “Donatus de Casae Nigra”, quando em outubro de 313 o bispo de Roma, Milcíades, condenou-o por rebatizar os cristãos que negaram a sua fé durante a perseguição movida pelo imperador Diocleciano em 303-313, e que foram perdoados e readmitidos na Igreja, e também por causar um dos primeiros cisma com a Igreja Oficial.

As principais posições dos donatistas eram as seguintes:

1. Igreja: Os donatistas consideravam-se a única Igreja verdadeira.

2. Herege: A Igreja não pode admitir os hereges sem rebatismo. Herege reconvertido é herege rebatizado.

3. Rebatismo: Rebatizavam todos cristãos que tivesse sido batizado por hereges. Rebatizavam todos os que se lhes agregassem. Rebatizavam até mesmo os católicos que desejavam entrar para as suas fileiras.

4. Sacramentos: Os sacramentos administrados por hereges perdoados e admitidos na Igreja sem rebatismo eram inválidos. Somente eram válidos os sacramentos ministrados por pessoas retas e de conduta ilibada.

Durante os 40 anos de seu episcopado, Donato supervisionou a expansão da seita donatista e lutou para obter o reconhecimento para o seu primado da África do Norte.

Após ser condenado pelo bispo de Roma Milcíades durante o Concílio de Roma, Donato apelou ao imperador Constantino, o Grande contra a decisão de Milcíades.

Esta foi a primeira vez que uma seita cristã apelava para um poder secular. Então foi convocado em 314 o Primeiro Sínodo de Arles, no qual a apelação de Donato fracassou e condenou formalmente a heresia do Donatismo. 


Donato foi excomungado e exilado para a Gália em 347 até a sua morte ocorrida em 355. A sua seita foi extinta no final do sétimo século.

Quando Donato morreu, a sua seita era dominante no Norte da África.

 


Clique AQUI para acessar os outros temas.

 

 

Sobre Weleson Fernandes

Avatar
Escritor & Evangelista da União Central Brasileira

Verifique também

38. Sérgio I de Constantinopla

Cristologia – Século VII – ConstantinoplaCristo tinha duas naturezas, mas uma só vontade: a divina.Sérgio …

37. Juliano de Halicarnasso

Cristologia – Século VI – HalicarnassoO corpo de Cristo era incorruptível.O bispo Juliano de Halicarnasso …

36. Diofisismo

Cristologia – Século V – CalcedôniaCristo tinha duas naturezas distintas: divina e humana.Em 451 o …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: