Líder Mundial convoca igreja a debater tema da Liberdade Religiosa

Depois de participar de eventos e apresentar palestras na capital e outras cidades de São Paulo, o Dr. John Graz, líder mundial na defesa da Liberdade Religiosa, encerrou sua visita ao Brasil passando pela cidade de São José do Rio Preto no oeste paulista. Acompanhado do pastor Edson Rosa e do Dr. Alcídes Coimbra, que também são líderes de Liberdade Religiosa para a América do Sul e o Estado de São Paulo, respectivamente, o Dr. Graz se encontrou no dia 24 de junho com um grupo de 60 pastores do interior paulista e participou no dia seguinte, de um congresso regional que reuniu centenas de pessoas interessadas em debater o tema.

No encontro com os pastores, o Dr. Graz falou sobre o papel dos líderes eclesiásticos na promoção e na defesa da liberdade religiosa na comunidade em que vivem e atuam. Os pastores também tiveram a oportunidade de ouvir sobre a realidade mundial em termos de liberdade religiosa e direcionar perguntas sobre o assunto ao visitante internacional.

Após a reunião com os pastores, que aconteceu na nova sede da Associação Paulista Oeste, o Dr. Graz e os demais líderes fizeram uma visita ao prédio administrativo. Mesmo tendo visitado mais de 100 países no mundo Graz se mostrou impressionado: “Já visitei escritórios assim ao redor do mundo todo e este é sem dúvida um dos mais belos e funcionais. Uma construção como esta, atrai a atenção das pessoas para a organização que está por trás do prédio e mostra que somos abertos, que cuidamos da natureza e que realizamos um trabalho sério e organizado”.

Ainda na sede da Igreja Adventista do oeste paulista, o secretario geral da Associação Internacional de Defesa da Liberdade Religiosa visitou os novos estúdios de rádio e televisão e concedeu uma entrevista exclusiva. No material que será veiculado na TV Novo Tempo, o Dr. John Graz falou sobre a liberdade religiosa no Brasil e defendeu a sua posição no debate sobre a lei da homofobia.

Na manhã de sábado, dia 25, o departamento responsável pelo defesa da liberdade religiosa, coordenado no oeste paulista pelo professor Amarildo Martins, promoveu um congresso que reuniu centenas de pessoas no auditório de um hotel de São José do Rio Preto. Muita gente veio de longe para participar do programa, como um grupo de advogados adventistas de Araçatuba. Para um deles, o advogado Tales Moura, é fundamental participar desses eventos já que “a liberdade religiosa é uma área social da igreja e deve ser um ponto fundamental no fim dos tempos”.

Na última mensagem do Dr. Graz, em sua passagem pelo Brasil, a defesa da liberdade religiosa foi apresentada como um princípio divino, e não apenas uma luta das minorias. “Se você vivesse em um país onde 95% das pessoas compartilham da sua fé, você ainda defenderia o direito das minorias?” questionou o líder ao longo ao longo de sua apresentação. Por fim, o Dr. John Graz afirmou que espera que o Brasil seja um centro de defesa da liberdade para o mundo e lembrou que a liberdade religiosa não é algo permanente, convocando a igreja para debater o tema com as autoridades civis e lideranças de outras comunidades religiosas.

[Equipe ASN, Lisandro Staut]

Sobre Weleson Fernandes

Weleson Fernandes
Escritor & Evangelista da União Central Brasileira

Verifique também

Médico cristão é demitido por enviar por e-mail uma oração a colegas do hospital

Um médico cristão foi a um tribunal do trabalho na Inglaterra esta semana alegando ter …

Membros da Igreja Adventista são hostilizados na Ucrânia

Nota Michelson Borges: Membros da Igreja Adventista foram hostilizados e amaldiçoados na Ucrânia pela igreja tradicional do …

Gênesis, Gilgamesh, e descrições mais antigas do Dilúvio

Durante mais de um século a interpretação oficial do Dilúvio de Gênesis entre os “críticos” …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: