Sermão 13 – UM CHAMADO ESPECIAL

TEMA: A unidade no Senhor

PROPÓSITO: Mobilizar a igreja em prol da consagração e da união

TEXTO: Efésios 2: 18-19

TESE: Deus quer que nos unamos nEle

INTRODUÇÃO

Na ocasião do Pentecostes todos perseveraram unânimes em oração, e assim foram
ricamente abençoados, recebendo verdadeiros milagres pela força do evangelho. Da
mesma forma Cristo hoje quer profundamente que nos unamos em um só propósito, que é
de firmarmos juntos nosso compromisso com ele.

I- ATRAVÉS DA PREGAÇÃO DA PALAVRA

A- Oralmente

Cristo nos chama a fim de falarmos a todo o mundo a respeito do amor de Jesus por
cada ser humano. Somos ordenados a ir como mensageiros de Cristo para ensinar,
instruir e ao mesmo tempo persuadir homens e mulheres, apelando para que atentem
para a Palavra de vida.

B- Testemunho

Com certeza a verdade vivida vale bem mais do que mil palavras, pois, quando a
pessoa ama a Cristo ela passa a anelar viver tendo-o como padrão de sua vida, ou
seja, vivendo como Ele vive e como conseqüência as pessoas serão contagiadas por
tal diferença que há num filho de Deus. De nada vale a pregação oral, sem o
testemunho vivo de uma vida transformada.

C- Literatura

Há um meio pelo qual a obra de Deus será terminada, através da literatura. A obra
da colportagem será o meio de dar rapidamente a sagrada luz da verdade presente ao
mundo. As publicações que saem de nossos prelos devem ser de tal caráter que
fortaleça cada ponto de apoio da fé que foi estabelecida pela Palavra de Deus e pela
revelação de Seu Espírito. White, Ellen, O Colportor Evangelista, Casa Publicadora
Brasileira; Santo André, SP; 7O ed. pág. 12.

II- ATUAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO

A- Convencendo do pecado.

O Espírito Santo convence a cada pessoa de seus pecados, a partir do momento em que
esta o aceita como o guia de sua vida. Tal obra é de vital importância para nós, pois,
não fosse através do Espírito de Deus, jamais saberíamos discernir entre o certo e o
errado.

B- Congregando Seu povo

Deus congrega Seu povo através do batismo. Quando o Espírito Santo operou na
conversão de milhares de pessoas no Pentecoste, todas as que aceitaram de bom grado
foram batizadas, passando assim a fazer parte do rol congregacional do Senhor.

C- Santificando Sua Igreja

Quando as pessoas que fazem parte da membresia se converterem cada dia ao Senhor,
receberão uma benção tal, a qual será refletida nas suas obras e em sua união. Deus
prometeu que ao nos submetermos à Sua vontade seremos bem-aventurados, portanto,
o seremos mais ainda se isso for algo em conjunto.
Certa vez um grupo de pessoas estava realizando uma excursão em um lugar muito
distante, numa mata fechada. Até que, repentinamente algo inesperado aconteceu, o
guia do grupo, em um dado momento escorrega e cai numa grande poça de lama. Aí,
para salvá-lo a única maneira é todos segurarem um na mão do outro fazendo uma
corrente humana para, juntos conseguirem tirá-lo. Deus quer que nos juntemos uns aos
outros, a fim de nos unirmos nEle.

CONCLUSÃO

Ao sentimos a voz de Deus nessa ocasião, compreenderemos que Ele quer nos unir
uns com os outros ao Seu maravilhoso amor.

APELO

Deus nessa ocasião está convidando-nos a unirmos nossas forças em busca de um
ideal tão sublime quanto glorioso, o de sermos conduzidos a levar o conhecimento e o amor
do Senhor que une a todos os corações.

 

Fonte: Blog Mais Relevante

Sobre Weleson Fernandes

Escritor & Evangelista da União Central Brasileira

Verifique também

Sermão 9 – OS ELOS DE UMA CORRENTE

ASSUNTO: “União” OBJETIVO: Despertar a necessidade de união entre os membros e o amor ao …

Sermão 8 – O VERDADEIRO DESCANSO

TEMA: Vida espiritual. PROPÓSITO: Levar a igreja a compreenderam vida de descanso TEXTO “ Vinde …

Sermão 7 – O IRMÃO DO FILHO PRÓDIGO

  TEMA: Aceitação. PROPÓSITO: Amar a volta do irmão. TEXTO: Lucas 15:11-32. TESE: O amor …

Deixe uma resposta

×

Sejam Bem Vindos!

Sejam bem Vindo ao Portal Weleson Fernandes !  Deixe um recado, assim que possível irei retornar

×
%d blogueiros gostam disto: