Os Sábados Cerimoniais

Quais eram os sábados “cerimoniais” e em que diferiam eles do Sábado da Lei Moral, o quarto Mandamento?

Em Levítico, capítulos 16 e 23, e Números, capítulos 28 e 29, estão enumerados os vários dias de festa para os israelitas, como sejam: a Páscoa (Números 28:16); a Festa dos Pães Asmos (Números 28:17); a Festa da Colheita ou Pentecostes (Êxodo 23:16 e 34:22; Números 28:26; Atos 2:1); a Festa das Trombetas (Números 29:1); o Dia da Expiação (Números 29:7) e a Festa dos Tabernáculos (Êxodo 23:16; Levítico 23:34; Números 29:12).

Cada um desses dias festivos constituía uma “santa convocação” e era um dia de descanso, palavra que no hebraico é a mesma de sábado. Contudo, eram dias móveis dentro da semana, pois o Dia da Expiação, por exemplo, caía no dia 10 (primeiro) do sétimo mês sempre; ou seja, era um dia solene, um feriado religioso para Israel, um descanso (shabbat) que caía em qualquer dia semanal. E quando coincidia de esse dia cerimonial festivo cair num sábado do sétimo dia semanal, era chamado “sábado grande”.

A Bíblia na Linguagem de Hoje, em S. João 19:31 explica: “Então os judeus pediram a Pilatos que mandasse quebrar as pernas dos que foram crucificados, e os tirasse das cruzes. Pediram isso porque era sexta-feira, e não queriam que os corpos continuassem ali, no sábado. Aquele sábado era considerado especialmente santo”.

A razão de “aquele sábado” ter esse caráter especial é porque nele também se comemoraria a Páscoa, outro dia feriado de descanso, ou seja, outro sábado, mas, cerimonial.

Basta uma leitura atenta do capítulo 23 de Levítico para perceber que esses dias religiosos feriados (descanso ou “sábado” cada um deles – ver Levítico 23:27; 32, 39, etc.) são diferenciados do sábado da Lei Moral. E os versos 37 e 38 tornam isso mais do que claro: “São estas as festas fixas do Senhor que proclamareis para santas convocações [Nota da Redação: as várias, enumeradas no capítulo] … além dos sábados do Senhor”.

Fonte: Consultoria Doutrinária, págs. 137 e 138.
IASDemFoco

Sobre Weleson Fernandes

Escritor & Evangelista da União Central Brasileira

Verifique também

Sermão XIV: O DIA DO SENHOR

No nosso estudo anterior analisamos rapidamente o significado de cada mandamento do Decálogo, que é a lei do tribunal do Céu; e nesta oportunidade consideraremos mais detidamente a origem, a natureza e o significado do 4º mandamento da Lei divina, que ordena observância do sábado do 7º dia da semana

Sermão XIII: A LEI DO TRIBUNAL DO CÉU

Nos nossos dois últimos estudos analisamos alguns aspectos do grande Juízo Investigativo, que iniciou no santuário celestial em 1844, ao término dos 2.300 anos de Dan. 8:14, e que dentro em breve será concluído, quando a porta da graça fechar-se-á, ao Cristo depor Suas vestes sacerdotais

E-Book: O Sábado do Sétimo Dia de Guilherme Stein Jr

  O Sábado ou o Repouso do Sétimo Dia: Sua história, Seu Objetivo e Seu …

Deixe uma resposta

×

Sejam Bem Vindos!

Sejam bem Vindo ao Portal Weleson Fernandes !  Deixe um recado, assim que possível irei retornar

×
%d blogueiros gostam disto: