Sermão 1 – A FAMILIA DE DEUS

TEXTO: Mat. 12: 49-50

PROPÓSITO: desenvolver a unidade

TEMA: A família de Deus

TESE: Os quer fazem partem da família de Deus

INTRODUÇÃO

Nada mais neste mundo e tão precioso a Deus quanto
a sua igreja. Nada e guardado por ele Com tanto
cuidado. A família de Deus e a menina de seus olhos
na terra. E bem verdade que enquanto nos
estivemos no mundo sentiremos os ataque do inimigo
Porém devemos buscamos contentemente a união.
Hoje iremos destacar os seguintes pontos:

I – OS QUE SÃO PROPRIEDADES DO SENHOR.

A) Em Cristo fazemos parte da família de Deus. V
49. “eis a ai minha meus irmãos.” Estavam em
Cristo.

B) Não podermos vivermos sozinhos.v-50. Cristo
chamou diferentes comportamentos entre os
discípulos.

C) A felicidade e para ser compartilhada v 49
igreja e mais do que uma sociedade religiosa
organizada. E uma extensão do próprio Cristo,
habitando em seu povo. E possível estar ligado com a
igreja, Sendo membro dela e ainda Assim perder
as benção de uma união com Cristo.

Algo de importância e com nos comportamos diante dos irmãos Michael Faraday, grande cientista britânico que fez várias descobertas importantes no campo do magnetismo, era um cristão sincero que achava mais importante assistir aos cultos de sua
igreja do que assistir a qualquer outra reunião.

Em uma dessas “outras” reuniões, ele manteve o auditório boquiaberto com a demonstração das propriedades do ímã.

Encerrou sua palestra com uma experiência tão inédita, fascinante e impressionante, que por algum tempo o salão reverberou com entusiasta, aplausos.
Quando as palmas diminuíram, o Príncipe de Gales se pôs em pé e propôs um brinde a Faraday, mas o grande homem não estava mais ali para recebê-lo. Finalmente, um dos assistentes de Faraday levantou-se e explicou que o físico havia saído para um culto de oração numa pequena igreja (uma congregação que não contava com mais de 20 membros), onde Faraday era ancião.

II- OS QUE RELACIONAM-SE COM A GRANDE
FAMILIA DE DEUS

A) Na família de Deus tem uma função importante.
Minha mãe e meus irmãos v.49

B) O exercício prático do respeito mutuo.

C) Da unidade ( João 17). O Senhor nos deu o
devermos vivermos em família.

Conta-se a historia de um Senhor que acabava de sair
de uma cidade.
E alguém pergunta-lhe porque estava indo embora. Ele
com lagrimas nos olhos Responde que estava deixando
a cidade com muita saudade. Neste mesmo dia um
Outro viajante deixava também aquela cidade.
Dizendo: “nesta cidade só tem gente Ruim. Um
pequeno garoto pergunta ao Senhor como uma cidade
pode mudar tão depressa o velhinho disse filho a
cidade não mudar. São as pessoas.

III- COMUNHÃO

A) esta bem junto a Cristo. Estendendo a mão
disse:eis minha mãe e meus irmãos… v. 49

B) Bem junto ao Senhor seguindo cada dia. “Eis
meus irmãos.v.49”

C) Fazendo sua vontade. “Todos que fizerem a
vontade de meu Pai … v. 50.” Sempre que buscamos
ao Senhor nunca voltamos na mesma situação.

CONCLUSÃO

Quanto mais nós dependemos de Deus, mais poder
espiritual receberemos para o nosso crescimento na
família de Deus e necessário:

A. Sermos propriedades do Senhor.
B. Não podemos viver sozinho.
C. E necessário vivermos em família.

E estamos em comunhão com oSenhor e com nossos irmãos, com nossa grande
familia.Podemos crescer em nossa amizade com Cristo. Quanto mais andamos com
Cristo. Tanto mais comunhão com nosso semelhante. O cristianismo tem que algo
autentico em Nosso viver. O salvador disse que as vossa obra glorifique a vosso Pai
que esta no céu.
O líder indiano Gandhi declarou certa vez:
“eu poderia até me tornar um Cristão, mas não sou cristão por causa dos cristões”
(Memórias de Gandhi, pag. 32).
e bem verdade que não podermos olharmos para os homens eles não são os melhores
exemplos. Mais já dizia Ellen G. White:
“uma vida pura e santa e o melhor argumento em favor do cristianismo.” Portanto que as
nossas vidas devem ser um grande exemplo ao mundo de como o Senhor Jesus Cristo nos
libertou dos nossos pecados. Assim andarmos nós em novidades de vida que tudo que há
em nós seja mudado pela graça de Jesus.

APELO

Agora irmãos como ser uma família de Deus, como tornamos uma comunidade mais
feliz?Através da comunhão, da consagração, do relacionamento de irmãos como disse o
nosso Senhor. Neste momento queremos. Entregamos nossas vidas. Nossa família nas mãos
do Senhor que nos tornar uma comunidade bem mais feliz. Quantos neste momento de
continuar andando com o Senhor, e pedir que não nos deixem
negligenciar um só momento esta comunhão com nossos irmãos. Levantem-se eu desejo
orar por você. 

Autor: Leodecio F.Xavier

Fonte: Blog Mais Relevante

 

BAIXAR PDF

 

Acesse agora essa mensagem em formato PDF:

 

Sobre Weleson Fernandes

Escritor & Evangelista da União Central Brasileira

Verifique também

Sermão 10 – QUAL É A IGREJA QUE CRESCE?

ASSUNTO: Crescimento da igreja. OBJETIVO: Incentivar os irmãos a porem em prática duas características: Intrepidez …

Sermão 9 – OS ELOS DE UMA CORRENTE

ASSUNTO: “União” OBJETIVO: Despertar a necessidade de união entre os membros e o amor ao …

Sermão 8 – O VERDADEIRO DESCANSO

TEMA: Vida espiritual. PROPÓSITO: Levar a igreja a compreenderam vida de descanso TEXTO “ Vinde …

Deixe uma resposta

×

Sejam Bem Vindos!

Sejam bem Vindo ao Portal Weleson Fernandes !  Deixe um recado, assim que possível irei retornar

×
%d blogueiros gostam disto: