Seu Momento com os Pequeninos

Mamães e professoras, usem esse material para fazer de suas crianças Príncipes e Princesas de Jesus. O culto diário em casa é uma grande oportunidade de passar tempo com elas e ensiná-las bons princípios. E tudo de uma forma bem gostosa! Esses momentos serão a melhor lembrança de uma infância, e para vocês a melhor sensação de dever cumprido!

Bonitinhos e Bonitinhas são príncipes e princesinhas de Jesus! E príncipes e princesas devem ser menininhos e menininhas bem educados e agradáveis em todo o lugar: na escola, em casa, na igreja, na casa de outras pessoas e na rua.

A tia Ane vai dar algumas dicas bem importantes para todas os bonitinhas que querem ser príncipes e princesinhas de Jesus. Fiquem atentos! A primeira dica é: “Use palavrinhas mágicas!” Elas ajudam a gente a viver bem melhor.

A 1ª palavrinha mágica que toda criança deve usar é: OBRIGADA

Paulinho acordou cedinho, pois estava disposto e animado para aproveitar bem aquele dia! O cheirinho gostoso que vinha da cozinha fez com que levantasse ainda mais rápido da cama. Quando sentou-se à mesa para tomar seu café da manhã viu que tinha uma travessa cheia de deliciosos biscoitos bem fresquinhos. A mamãe disse que era a surpresa do dia! Paulinho comeu vários biscoitos. Hum! Estavam tão gostosos!

Quando acabou o café da manhã, Paulinho abraçou a mamãe e falou:

– Mamãe, muito obrigado pelo biscoito delicioso!

Mas sua mãe respondeu:

– Não agradeça a mim. Eu não fiz o biscoito. Eu o comprei na padaria. Agradeça ao padeiro.

Paulinho não teve dúvidas. Ao passar pela padaria, falou:

– Sr. Padeiro, hoje de manhã mamãe me deu um biscoito gostoso. Eu agradeci a ela, mas ela me falou: “Não agradeça a mim; agradeça ao Padeiro”. Então, Sr. Padeiro, muito obrigado pelo biscoito gostoso.

O padeiro, Sr. Manuel, sorriu e disse:

– Não agradeça a mim, menino. Eu só ajudei um pouco, assando o biscoito. Agradeça ao Fazendeiro que plantou o trigo que dá a farinha que eu uso para fazer o biscoito.

Paulinho foi até à fazenda. Encontrou o Fazendeiro trabalhando e lhe falou:

– Sr. Fazendeiro, hoje de manhã a minha mãe me deu um biscoito gostoso. Eu agradeci a ela, mas ela me disse: “Agradeça ao Padeiro”. Eu agradeci ao Padeiro, mas ele me disse: “Não agradeça a mim, agradeça ao Fazendeiro”. Portanto, Sr. Fazendeiro, muito obrigado pelo biscoito gostoso.

Acontece que o Fazendeiro respondeu:

– Sabe, garoto, eu só ajudei um pouco, plantando, colhendo e moendo o Trigo. Por isso não agradeça a mim, agradeça ao Trigo que dá a farinha que o padeiro usa pra fazer o biscoito.

O menino foi até à plantação de trigo. Estava toda amarelinha. Paulinho falou:

– Sr. Trigo, hoje de manhã minha mãe me deu um biscoito gostoso. Eu agradeci a ela, mas ela me disse: “Agradeça ao padeiro”. Eu agradeci ao padeiro, mas ele me disse: “Agradeça ao fazendeiro”. Eu agradeci ao fazendeiro, mas ele também me disse: “Não agradeça a mim, agradeça ao Trigo, que dá a boa farinha”. Portanto, Sr. Trigo, muito obrigado pelo biscoito gostoso.

O Trigo balançou ao vento e falou:

– Não agradeça a mim também. Agradeça à Chuva que molhou a terra e me fez crescer.

Paulinho saiu à procura da Dona Chuva. Finalmente a encontrou e disse:

– Dona Chuva, hoje de manhã mamãe me deu um biscoito gostoso. Eu agradeci a ela, mas ela falou: “Não agradeça a mim, agradeça ao Padeiro”. Eu agradeci ao Padeiro, mas ele disse: “Não agradeça a mim, agradeça ao Fazendeiro”. Eu agradeci ao Fazendeiro, mas ele me disse: “Não agradeça a mim, agradeça ao Trigo”. Eu agradeci também ao Trigo, mas ele me falou: “Não agradeça a mim, agradeça à Chuva”. Portanto, Dona Chuva, muito obrigado pelo biscoito gostoso.

A chuva riu e falou:

– Eu só ajudei um pouco também. Agradeça ao Sol, que deu força para terra produzir o Trigo.

Quando a Chuva se foi e o Sol tornou a brilhar, o menino gritou:

– Sr. Sol, hoje de manhã mamãe me deu um biscoito gostoso, eu agradeci a ela , mas ela falou: ”Não agradeça a mim, agradeça ao Padeiro”. Eu agradeci ao Padeiro, mas ele disse: “Não agradeça a mim, agradeça ao Fazendeiro”. Eu agradeci ao Fazendeiro, mas ele me disse: “Não agradeça a mim, agradeça ao Trigo”. Eu agradeci também ao Trigo, mas ele me falou: “Não agradeça a mim, agradeça à Chuva”. Eu agradeci à Chuva, e ela me respondeu: “Não agradeça a mim, agradeça ao Sol”. Portanto, Sr. Sol, muito obrigado pelo biscoito gostoso.

O sol, todo sorridente, falou grosso e forte:

– Não agradeça a mim, menino. Agradeça a Deus, que fez a terra, que mandou a Chuva, que me fez brilhar para que o Trigo pudesse crescer. Foi Ele quem deu força ao Fazendeiro para plantar e colher o Trigo. Foi Ele quem deu ao Padeiro sabedoria para fazer um biscoito tão gostoso! Foi Ele quem deu saúde e força a seus pais para trabalharem e ganharem o dinheiro com que sua mãe comprou o biscoito gostoso…

Ah! Paulinho descobriu o segredo do biscoito! Correu para o seu quarto, ajoelhou-se ao lado da cama e orou:

– Papai do Céu, muito obrigado pelo biscoito gostoso que comi hoje de manhã. Muito obrigado por todas as coisas boas que o Senhor me dá. Em nome de Jesus. Amém.

E vocês, Bonitinhos, já agradeceram a Deus pelas coisas que Ele lhes dá todos os dias? Que tal fazer isso agora? Fechem seus olhinhos e falem com Ele!

Aplicação:

Quando a mamãe serve sua comidinha, quando ela compra alguma coisa pra você, quando o papai te ajuda com as tarefas ou com alguma outra coisa que você precisa, quando seu irmãozinho ou irmãzinha lhe ajuda ou traz alguma coisa que você pediu, quando seus amiguinhos dividem o brinquedo ou o lanchinho com você, quando a professora lhe elogia ou lhe ajuda a entender uma lição. Toda vez que alguém fizer alguma coisa pra você, diga sempre esta palavrinha mágica: “Obrigada”. Você vai deixar as pessoas que ouvem muito contentes!

Fonte: Bonita Adventista

Sobre Weleson Fernandes

Avatar
Escritor & Evangelista da União Central Brasileira

Verifique também

O que é Adoração Infantil?

É um momento dentro do Culto Divino, onde as crianças têm uma participação especial e …

Dia das Mães: Desenhos para Colorir !

BAIXAR COMPLETO

Nana, neném…

Dormir é um pesadelo para muitas crianças. Algumas, por excesso de energia, querem que as …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: