O Sábado na Nova Jerusalém

Alguém me disse: “Não havendo na Nova Jerusalém noite para marcar os limites nem o início ou o fim do dia, será impossível guardar o Sábado ali, portanto o Sábado está abolido.”

Está certa ou errada, esta pessoa? Vamos ver:

Voltemos ao longínquo passado. Jesus, ao ressuscitar, empenhou Sua palavra dizendo que iria preparar um lugar para os salvos, lembra-se? João 14:1-3.

 Este lugar é a Nova Jerusalém: Apoc. 21: 2, 10.

• A Nova Jerusalém é o Templo de Deus: Apoc. 21: 3, 22.

• Vai ser a capital da Nova Terra: Zac. 14: 4, 5, 9.

• A Nova Jerusalém não precisará de luz do Sol nem luz da Lua:

Apocalipse 22:5 : “E alí não haverá mais noite, e não necessitarão de lâmpada nem de luz do Sol, porque o Senhor Deus os alumia…” (Isa. 60:19; Apoc. 21:23).

OBSERVAÇÕES:

1. Por que se acende as lâmpadas à noite?

2. Os postes de iluminação pública são providos de um sistema célula fotoelétrica que, automaticamente se liga, quando a luz do Sol desaparece. E desliga-se instantaneamente quando, no dia posterior, reaparece o Sol.

3. A luz (lâmpada) acesa pela manhã se ofusca diante da luz do Sol? – Claro que sim!

Na Nova Jerusalém não terá nenhuma instalação elétrica e estará toda iluminada à noite pela luz que emana do Senhor Jesus.

Se esta magnífica cidade não possui templo, se o Senhor é o Seu templo, se Sua glória a ilumina, então ela será a morada de Jesus. O Seu trono estará ali. E é isso mesmo! Jesus é nosso para sempre, Deus não O deu para nós? (Glória a Deus!) (João 3: 16).

Mas, quanto ao Sábado, algum problema? Lógico que não! Observe:

1. Deus criou a Terra para nós, os seres humanos (os terráqueos). Deu-lhe forma, separou as trevas da luz e nominou-as: Noite e Dia. Gên. 1: 2-13.

2. Criou o Sol para iluminar o dia, e a Lua para clarear a noite. Gên. 1: 16-18.

3. Depois criou um casal maravilhoso ordenando-lhe crescer e multiplicar. Este casal seria o embrião da família humana. Gên. 1: 27- 28.

4. O Sol e a Lua realizavam suas funções necessárias à manutenção da vida na Terra, enquanto Adão e Eva viviam felizes, sem pecado, no Éden.

Um dia o pecado entrou neste mundo. Que lástima! O Sol e a Lua continuaram e continuam realizando a obra para a qual Deus os destinou.

Um dia o pecado será dessarraigado da Terra(Amém!), e o Sol e a Lua continuarão brilhando, porque o homem nela morará, agora, porém, sem pecado, tudo novo. E a cada Sábado iremos ao templo (Nova Jerusalém) para adorar, e lá nos recepcionará o Senhor Jesus cuja glória ilumina toda a cidade – de dia e de noite. Leia:

“E será que desde uma lua nova até a outra (mensal), e desde um Sábado até ao outro (semanal), virá toda a carne (pessoas) a adorar perante Mim, diz o Senhor.” – Isa. 66: 23.

Eu não ficarei de fora, e você? Glória a Deus!

Autor: Lourenço Gonzales

Sobre Weleson Fernandes

Avatar
Escritor & Evangelista da União Central Brasileira

Verifique também

Sermão XIV: O DIA DO SENHOR

No nosso estudo anterior analisamos rapidamente o significado de cada mandamento do Decálogo, que é a lei do tribunal do Céu; e nesta oportunidade consideraremos mais detidamente a origem, a natureza e o significado do 4º mandamento da Lei divina, que ordena observância do sábado do 7º dia da semana

Sermão XIII: A LEI DO TRIBUNAL DO CÉU

Nos nossos dois últimos estudos analisamos alguns aspectos do grande Juízo Investigativo, que iniciou no santuário celestial em 1844, ao término dos 2.300 anos de Dan. 8:14, e que dentro em breve será concluído, quando a porta da graça fechar-se-á, ao Cristo depor Suas vestes sacerdotais

E-Book: O Sábado do Sétimo Dia de Guilherme Stein Jr

  O Sábado ou o Repouso do Sétimo Dia: Sua história, Seu Objetivo e Seu …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: